Cinema

Filme “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas” critica sociedade

Cara Delevingne e Dane DeHaan
O longa levou 7 anos para ser produzido e contou com a colaboração de artistas do mundo todo, inclusive, um Brasileiro

 

Dane DeHaan e Cara Delevingne
Dane DeHaan e Cara Delevingne protagonizam longa (Foto: Divulgação)

Classificado como o filme mais caro da história da França, a superprodução “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas”, fascina com seus caprichados efeitos visuais.

O filme baseado na obra Pierre Christin e Jean-Claude Mezieres, ganhou vida nas mãos do diretor Luc Besson. “Eu tinha todas essas coisas na minha cabeça e queria compartilhar”, conta Luc.

O longa gira entorno do apaixonado Valerian (Dane DeHaan) e de sua amada, Laureline (Cara Delevigne), dois agentes humanos, que percorrem o planeta Alpha, onde vivem milhões de espécies de alienígenas e outras dimensões em uma missão secreta.

A missão que parecia ser simples, apresenta mais obstáculos que o esperado. Vários vilões e alguns amigos circulam nesse enredo cheio de ação. E um deles é Bubble, interpretado por Rihanna que entra em cena usando suas habilidades para ajudar Valeriam a resgatar a amada.

“Valerian não seria nada sem Laureline. Ele conta com ela, precisa dela, e sem ela, ele provavelmente não estaria vivo, eles são um time”, declara Dane.

Enquanto tentam cumprir a missão, o casal descobre que concluí-la levará a consequências irreparáveis. Cabe ao Valerian, decidir o futuro de uma nova raça e para isso, ele precisa escolher entre obedecer às ordens de seus superiores ou fazer a coisa certa.

O longa faz uma crítica a raça humana. “Eu acho que é interessante receber uma lição de humanidade dos alienígenas, porque normalmente eles são as criaturas, e nós os humanos”, declara o diretor, e segundo ele, aprender com as diferenças, tornaria os homens melhores seres humanos.

Sem dúvidas, a adaptação é inovadora quanto as milhões de criaturas que transcorrem nesse mundo fantástico, no entanto o filme se torna cansativo com a demora em que os fatos acontecem e apesar do herói não seguir o estilo clássico Hollywoodiano, a trama não surpreende

O filme estreia dia 10 de agosto nos cinemas de todo o Brasil.

Colaborou, em São Paulo: Ana Carolina Azevedo 

download free wordpress themes