Analisando o Sistema Colunas

Glória Perez retoma as rédeas da sua alta qualidade em “A Força do Querer”

Glória Perez
Qualidade em força total
A Força Do Querer
Novela tem números acima do estipulado (Foto: Reprodução/ TV Globo)

 

Escritora de sucesso com prêmios em sua bagagem, a novelista Glória Perez retornou a faixa das 21h com tudo. Sempre atualizadíssima, antenada e inteligente, a autora voltou cheia de frescor. Novos ares dados a produção do horário mais cobiçado pelos novelistas atraem atenções importantes.

Pode-se afirmar sobre “Salve Jorge!” (2012), a falta daquela novelista tão incrível de anos atrás. Percebidos os excessos, ajustando o necessário a ser ajustado, Perez retornou para mostrar mais uma vez, a necessidade de abordar temas considerados tabus pela nossa sociedade.

Uma trama leve, bem escrita e amarrada. “A Força do Querer” tem todos os ingredientes importantes para ser chamada de novelão com N maiúsculo. Não é à toa, já reavivou os números, tão desgastados pelas repetitivas fórmulas dos entrechos anteriores.

O essencial fora captado por Glória. A novela possui personagens fortes, cada um com seu propósito. Sem exageros e quantidade de maniqueísmos usados naturalmente, ao longo das décadas. Conseguimos enxergar pessoas reais na trama. Sem força de bondade ou maldade numa superdosagem. Apenas humanos em busca de seus objetivos.

Esse é o ponto certo. Um folhetim da grandiosa Rede Globo, alimenta-se de histórias inspiradas em pessoas reais. A ficção até é aprazível, entretanto, cansa quando se repete numa roda gigante incansável, onde muda apenas atores, mas personagens de caráter igual. Disso, a produção parece estar livre.

 

*As opiniões expressas neste texto são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.