Colunas Crônicas K

Independência para quem?

Dia da liberdade do Brasil e o país pegando fogo
Independência para quem?
(Foto: Divulgação)

Nada seria mais vergonhoso se Dom Pedro I estivesse vivo e visse a situação que o país se encontra hoje, pois com certeza ele iria pensar duas vezes antes de dar o grito da independência, aquele que fez nosso país ser livre, quer dizer, na prática não é bem assim.  

São notícias diárias que nos fazem lamentar e questionar o porquê de tanta corrupção, de tanta roubalheira e tanta injustiça com um povo que luta desde sua colonização. O que era para ter melhorado, parece que a cada dia mais só entra em estado de decadência. 

A última “surpresa” que tivemos, foi as malas encontradas pela polícia contendo mais de cinquenta milhões de reais totalmente desviados, do que poderia ter sido investido em educação e saúde. Foi quase surreal ler as matérias que vieram depois desse escândalo, dando exemplos de coisas que o dinheiro poderia ter sido utilizado, coisas que o país realmente precisa para sair desse buraco e viver quase dignamente. 

Como em todo os lugares, a hipocrisia ficou estampada em nossos governantes hoje na marcha para o 7 de setembro, desfilando pelo país da misericórdia, como se os problemas não existissem, como se realmente tivéssemos conquistado a tal liberdade, abafando os absurdos que temos que tolerar a cada dia. 

Mas sei que muitos brasileiros, como eu e vocês talvez, ainda tenham um pouquinho de esperança, mesmo que tudo esteja um caos, todo mundo sabe que o povo é o único que pode mudar a situação do país, e as eleições estão chegando, então vamos fazer valer a pena o grito de independência que Dom Pedro I deu.

 

*Karla Sthéfany é jornalista e fotógrafa do Fama VIP Online. “Crônicas K” são quinzenais e as quintas-feiras.