Notícias

Globo não pretende desistir de continuar exibindo o “Big Brother Brasil”

Adicionar legenda
   A Rede Globo está satisfeita com o seu reality show principal. O “Big Brother Brasil”, que já caminha para a sua 14º edição, continuará a ser exibido anualmente pelo canal dos Marinho, sem nenhuma interferência ou desejo da mesma, de conseguir audiência acima de sua meta. Apesar de não registrar os 25 pontos impostos pelo canal, a atração consegue garantir ao menos – ou quase – 20 pontos, algo próximo da meta estipulada. 
  Apesar do ano passado ter acontecido diversos rumores de que a emissora acabaria desistindo de produzir, o reality continua na grade. A renovação do contrato com a Endemol, detentora dos direitos, vão até meados de 2020. Todo esse investimento se deve pelo grande faturamento arrecadado ao longo dos anos. O “BBB”, como é chamado, conseguiu faturar ano passado, mais de R$ 200.000.000,00 entre faturamento com as merchandising das marcas, assinaturas no pay-per-view, e ligações dos telespectadores.
  No ano anterior, as cotas iniciais de patrocínio, valiam R$ 140.000.000,00 . Esse ano, o valor está ainda maior, segundo divulgado pela imprensa midiática. As costas vendem mais de R$ 161.000.000,00 , e segundo as pesquisas, a edição do reality deste ano, poderá fechar acima dos R$ 250.000.000,00  de faturamento. Algo parecido com o garantido pelo programa, ano passado. 
  As cotas de patrocínio, são de R$ 26.900.000,00 para cada empresa. Serão seis cotas. Uma a mais que na edição de 2012. O valor está cada vez maior. As cotas de 2012 eram de R$ 20.600.000,00 e a do ano seguinte, de R$ 23.900.000,00. 
  O “Big Brother Brasil” ainda conta com a direção geral do Boninho, que dirige o reality show desde a sua primeira temporada. O diretor pretende surpreender o público este ano, com mais reviravoltas dentro do programa, que por sinal, baterá o recorde de pessoas confinadas. 
Foto: divulgação/ Globo